16 de nov de 2011

Os objetivos nos tornam falhos...




É engraçado como o objetivo de todos é ser feliz sentimentalmente... É como ser milionário, diria que mais até... Analisando a minha vida observo o quanto isso é importante pra mim e o quanto isso me fez ser desesperado e me trouxe péssimas experiências...  Quero mudar meus objetivos, preciso...  A vida não pode girar em torno de outro... Aliás, em um texto meu eu disse que acordava sorrindo, ia ao shopping sozinho e sorrindo, tudo isso porque dependia unicamente de mim... As vezes eu saio desta linha de raciocínio... acredito em falsas boas intenções, me faço de besta e balanço a cabeça concordando cegamente, mas minha kilometragem antiga já tem certeza que não...




Nunca fui muito fã de textos melancólicos... não combina com a minha vida a melancolia, não lamento meus desastres amorosos, minhas decepções com amigos tampouco minha infelicidade com alguma coisa passageira, tudo na vida vem pra somar, minhas subtrações são meio doidas, eu acho que nem as faço, eu somo, somo tudo! Eu guardo... arquivo, deixo a ficha suja... é como um banco de dados infinito, ta tudo guardado, tudo muito bem estudado, as coisas acontecem e na capa do arquivo eu ponho o resultado final... Hoje acordei esperançoso, acordei cheio de vontade da vida,  deixei pra lá alguns pensamentos mais que habituais e abri exceções, viajei ao mundo  falso pra ver se alguma coisa mudara, o resultado não é surpreendente agora, tudo igual, palavras vazias, sorrisos vazios, intenções voluveis, quase que mutáveis como o cheiro do ar.
Preciso de mudanças... principalmente sociais... me sinto decadente no meio de um povo sem verdade, me sinto diminuido no meio de tantos olhares negativos, amigos mesmo, não tenho, consideração e preocupação é algo meu pra mim mesmo, não culpo ninguém, talvez as circunstancias... Não cobro, pois também não sou exemplo de caridade, mas sinto falta, sinto falta das coisas fáceis que nunca foram fáceis... Falta das coincidências e do destino... Sinto falta das afinidades de cinco minutos, assim como os romances de meia hora.
Nossas decepções e frustrações são baseadas em cima dos nossos objetivos, eu preciso dessa evolução! Eu quero pra minha vida evoluir meus objetivos e ser um pouco mais respeitoso comigo mesmo, eu vou fazer isso e eu vou ter êxito, só porque eu quero! 
Web Analytics