16 de jan de 2016

Eu Ramon

Me chamo Ramon, mas era pra ser Jéssica porque ninguém sabia meu sexo até nascer. Nasci sem sobrancelha em uma sexta feira às 10 da manhã - por ai -. Não conheço meu pai, tenho três irmãos e não tenho nem tios e avôs. Tive todos os Playstations e Windows desde 1995.Ia em todas as excursões de escola, mas nunca tive condições de ter uma lancheira. Tinha uma mochila de rodinhas verde, e vivia quebrando as rodinhas e moldando com durepox.Moro onde cresci e estudei. Lembro de rostos frequentemente, principalmente das pessoas que eu cresci/estudei junto, e não necessariamente na mesma sala. Às vezes me lembro de pessoas que já me atenderam em alguma fila de algum serviço, que pegaram o mesmo onibus que eu ou que simplesmente cruzaram comigo em algum lugar, minha memória é assustadora.




Já trabalhei para o governo, para o Itaú, para o UOL e para a TAM. Já vivi um grande amor, já tive uma gata - que não era minha - e já me preocupei com ela e tive medo de que ela morresse um dia. Já comprei móveis novos para uma casa completa, já fiz empréstimos a longo prazo, já tive meu próprio carro, e já sofri um acidente com ele. Já briguei no serviço, já levei bronca e advertência. Já viajei em classe executiva e para a Europa. Já andei de primeira classe em trens europeus. Já comi em mcdonalds internacionais, já discuti em pontos turisticos.

Faço coisas por pessoas que acabei de conhecer, como dar conselhos sentimentais, profissionais, indicar lugares, cursos, profissões. Geralmente emprego meio mundo, e oriento as pessoas em suas carreiras. Falo sempre mais que os outros, corto as pessoas constantemente, mas não é por mal <3.

Gosto da madrugada, detesto acordar cedo mas sou muito pontual pra qualquer horário. Controlo muito bem meu sono, xixi e coco, e raramente uso banheiro fora de casa - inclusive para xixi -. Não sei beber em barzinhos, sentado e trocando idéia, isso me dá sono, geralmente peço coca e todos acham que não bebo. Bebo muito, mas só quando estou em baladas pois preciso de música, do ar da madrugada e de pessoas pra flertar. Já me atraquei em diversos cantos da cidade, já beijei muitas pessoas, de diversas etnias, alturas, cor de olhos e de cabelo. Já matei minhas curiosidades e dúvidas sexuais, sentimentais e comportamentais.

Tenho 1.84, não sou magro, gosto de roupas rentes ao corpo. uso muito preto, vermelho e azul marinho, tenho muitas camisetas estampadas e divertidas, não gosto de camisetas de bolsinho ou polos. Meus tenis geralmente são cano alto mas eu não faço o estilo alternativo. Tenho alguns casacos pesados que as pessoas dizem ser elegantes.Tenho postura ereta e reparo no andar das pessoas bem como na boca, nos pés e nos cabelos.

Lembro do meu primeiro beijo mas não claramente como da minha primeira vez, lembro do meu primeiro romance, decepção e do meu primeiro amor. Lembro da minha primeira buaty, e da roupa que eu estava usando, lembro dos flertes que dei e de todas as pessoas que "chegaram" em mim. Já tive um piercing no lábio, e não tinha cabelo, usava boné pra trás meio viradinho na diagonal, e uniforme escolar... Já cabulei muita aula pra ir no ibirapuera deitar na grama e conversar com uma amiga muito louca. Nunca fumei, nada.

Já sai com estranhos e me surpreendi positivamente, já ensaiei muito pra conhecer pessoas e orquestrei demais pra ópera sair uma bela bosta.

Falo muito, e gesticulo também, geralmente perco o ar de tanto que falo.Uso muitas figuras de linguagem e faço caras e bocas. Uso jargões frequentemente, dou apelido e imito as pessoas.. Faço charminho às vezes e quando fico sem graça mudo de assunto ou olho pra direções aleatórias. Sou muito transparente, perco fácil o raciocinio quando algo me chama muita atenção. Não sei disfarçar vontades, bem como não sei passar vontades, fico triste.

Sou bravo, briguento, discuto e faço cara feia quando alguém está me incomodando... Quando com sono franzo a testa e as sobrancelhas e fico com cara de raiva.

Todas as minhas fotos são iguais, não tiro fotos com pessoas, não sei sorrir em fotos mas tenho um sorriso, e dentes inteiros e bonitos. Gosto e cozinho muito bem, sei fazer bolos e tortas, gosto muito de milho, e coloco ele em quase tudo, isso irrita algumas pessoas... Estralo a minha coluna na cama todos os dias antes de dormir, não sei dormir com shorts ou calças, mas não durmo pelado. Tenho pavor de claridade e durmo geralmente com um travesseiro em cima da minha cabeça.

Já fiz mais pelos outros do que por mim mesmo e por pessoas da minha familia, não pretendo mudar isso. Resolvo problema das pessoas com muita facilidade, mas ponho os meus debaixo do tapete até virarem uma montanha... Nunca senti alguém realmente disposto a resolver algo pra mim ou a fazer algo por mim, talvez isso seja uma frustração, mas nunca parei pra me incomodar... Faço coisas inclusive por pessoas que sei que não farão ou nem estarão na minha vida para eu compartilhar dos resultados, durmo pensando nas soluções pros problemas alheios, e não vejo a hora de por em prática vários planos de ações que bolei pra elas, me chateio quando percebo que nem elas estão tão interessadas assim...

Tenho pintas gemeas, quadril largo e coxa gorda. Meu nariz é grande e minha mão é bem macia... Sou branquelo mas meu joelho é meio pretinho eu acho.

Já viajei para fora da cidade sem minha mãe saber, já fui para lugares em que eu não fazia idéia de como sair de lá... Sou bom com localizações, transportes e caminhos. Conheço bem minha cidade, não tenho medo de andar de madrugada, em lugares perigosos e de noite. Nunca fui assaltado e não tenho medo de morrer. Nunca tomei soro ou permiti que furassem a minha veia. Prefiro injeções e comprimidos. Nunca senti dores extremas que carecessem correr pro hospital, nunca quebrei ossos e nem fiz cirurgias, também nunca tive dores de dente e de ouvido, e nem arranquei os dentes do siso.

Não gosto da figura "mestre" de professores e médicos, me incomoda sala de aula, cursos e pessoas "muito esforçadas" que precisam entender até a virgula que o professor escreve. Detesto gente que anota tudo, até porque eu não anoto nada, mas lembro de tudo. Não carrego coisas, detesto andar de bolsa ou de mochila...

Arroto até quando bebo água, adoro tomar eno, raramente fico doente - não lembro a ultima vez - morro de medo de enfarto e avc. Vejo cadáveres, necrópsias e até decapitações, mas dói o meu umbigo quando eu vejo alguém tendo sua veia "pulsionada". Não deixo ninguém mexer no meu umbigo, e também não mexo, me dá dor de barriga, assim como cheiro de perfume e de café, - e ver alguém ter a veia pulsionada - .

Conto amigos em uma mão, conheço muitas pessoas mas elas mesmo sabem que não somos amigos, deixo tudo muito claro no ar. Corto relações facilmente e não concordo que "o tempo e as escolhas" afastam alguém. Permanecem na minha vida amigos por mais de 10 anos. Não converso com pessoas com que me relacionei ou senti algo... Não por despeito, mas por incapacidade e talvez uma fraqueza de querer viver tudo de novo. Realmente não sei passar vontades, e sou muito esperançoso.

Tudo na minha vida é um pouco complexo e anormal, nada acontece facilmente, com flores e querubins ao redor, gosto um pouco disso. Sempre tive realizações e conquistas muito concretas e valiosas, sempre ganhei jogos e disputas, nunca tive meios namoros ou meias paixões, me cerco de seguranças justamente para construir uma base resistente. Sou dedicado e sonhador, quero ajudar, quero estar disponivel para quando precisarem e quero que precisem, quero crescer junto, ir junto pra qualquer lugar e a qualquer hora, quero chorar junto e rir junto, mesmo que pelo telefone. Tenho muita dificuldade em fazer coisas sozinho, mas não é carência, não acredito na singularidade, embora tenha vivido mais nela, inclusive quando em companhia de muitos.

Pouco deixo refletir meus sentimentos mas dizem que sou bem transparente... Sou desconfiado, contido e receoso, mas não consigo parar de olhar pra uma boca quando ela é muito linda e eu quero ela pra mim. Sou cara de pau, e dou indiretas.

Não sou fofo e não sei fazer coisas fofas... Sou um pouco grosso, rude e estupido. Pouco toco mas sinto uma necessidade razoável de que fiquem perto de mim e demonstrem interesse. Quero casar, ter um pet, um carro na garagem e passar cada virada do ano em um lugar diferente, chegar em casa com comida chinesa, tirar os sapatos e me jogar no sofá com um cobertor e um bom cafuné.

Tenho fobia de balizas, carros parados em ladeiras e de pessoas tendo a veia sendo pulsionada. Também tenho fobias com umbigos.

Eu não transpiro, e nem cheiro a suor... Uso facilmente a mesma camiseta 3 dias seguidos. Uso pouco perfume, porque as vezes eles me dão piriri, não ouço musica constantemente e dificilmente escuto uma até o fim... Não sou fã de nada e nem de ninguém, mas pago um pau pro Danilo Gentilli. Assisto séries muito intensas e desconhecidas, que retratam uma realidade dura e possivel. Não assisto ficções e não leio nada. Valorizo demais o cinema nacional, mas descarto os besteiróis recordes de bilheteria. Pouca coisa que está na moda eu vou saber falar. Para mim Lady Gaga ainda canta Bad Romance e Poker Face.

Gostaria de continuar, mas acho que vai ficar grande demais... Tenho certeza que não consegui chegar nem aos 30% de mim. Vi esse tipo de texto em um facebook de uma pessoa conhecida mas que eu não tenho adicionada. Li e achei um barato, dai copiei... Leio perfis e postagens de pessoas que não tenho adicionado, constantemente...

É isso por enquanto


Web Analytics