9 de ago de 2012

Mudaram as estações, tudo mudou!






Os valores se inverteram muito... Olhar pra trás as vezes dói mas na maioria das vezes é revigorante, me lembro bastante o quanto eu era meigo e dócil, dedicado, meus sonhos eram lindos, eu era apaixonado pelas pessoas e cercado de bons amigos, meus anseios eram simples e eu pregava uma felicidade instantânea, prezava pelos momentos e me divertia sem pensar no amanhã....




Eu era o garoto dos shoppings, das baladas, das piadas, era o garoto dos romances e dos rolos, dos gatinhos e das infindáveis conversas de msn, eu era o garoto dos depoimentos no orkut, das cartinhas escritas para tirar um sorriso ou apenas para impressionar, eu era o garoto descolado que não passava mais de 3 horas em casa ocioso, era o cliente das lojas, das lan houses, passeador do bairro,frequentador quase que honorário do Ibirapuera, batia uma perna como uma obrigação.


Engraçado escrever tudo isso hoje e tentar copiar e colar à minha vida atual; hoje eu sou o adulto maduro, sério e centrado, dedicado apenas aos meus sonhos e objetivos, apaixonado por mim! Cercado de boa vontade e dispensando volume de companhias, meus anseios são complexos, meus sonhos são caros e requerem muito foco e determinação, prego por uma felicidade e uma realização a longo prazo, prezo pela minha vida num geral e vivo muito o meu futuro.


Tenho muita nostalgia dentro de mim, já fiz muito pelos outros, já me arrisquei muito na minha vida, menti para queridos, saí da minha cidade, do meu estado, arrumei brigas para garantir o conforto e o capricho alheio, me cansei saindo de casa em horários incomuns para lugares mais incomuns ainda, fui um adolescente muito bom, sei disso! mas sei também o quanto isso me serviu para que hoje aos 20 anos eu não repita as mesmas atitudes ou as restrinja às pessoas mais filtradas possíveis. 


Eu mudei muito, posso dizer que meu primeiro contato com a vida de verdade foi aos 13 anos e me lembro perfeitamente que com 17 eu já me sentia pronto, agora aos 20 estou aqui olhando pra trás; talvez eu não tenha tido êxito em muita coisa, pessoas se foram, sentimentos também, considerações e afinidades então nem se fala, mas contudo eu ainda abro um sorriso largo com um olhar sereno e distante porque graças a esse passado eu estou aqui, eu estou assim! :)


Web Analytics